segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

para el Castor


Vou falar de um dia em que me senti
Nitida como o girar mundo de um girassol..........................................................................................
meu olhar tem o costume ,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,
,,,,,,,,,,,,,,,,,,de andar pelas estradas........................................................à direita e `a esquerda,,,,,,,,,,,,,,
.......................olhando tudo e ate um pouco......................
mais para tras,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,E a cada momento vejo tudo aquilo,
que,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,
pensava nunca ter visto antes.
Assim sinto-me uma novidade para o Mundo
e na eterna novidade do mundo
aonde nada existe de novo sob o sol,
descubro que o Mundo eh sempre um poço de novidaes para o meu olhar...




13 comentários:

direitinho disse...

Bonito este seu trabalho. Gosto muito de flores e todos os anos vou trazendo novas aqui para o meu jardim. Também gosto de beber a beleza da natureza sempre diferente. O cansaço no final do dia é fruto dessa pesquisa diária.
Tantas coisa simples e bonitas que nem nos apercebemos que estão aí, naqueles lugares por onde passamos todos os dias.
A mais singela flor que se agarra num buraco de parede e aí floresce. O cantar da agua do Mar ou de um rio. A suavidade do anoitecer e do luar.
E o silêncio da noite..???

olhodopombo disse...

Direitinho, para mim es assim.
em tudo existe algo que meu olhar se detem,
sendo que na natureza as cores me
fascinam prontamente.
viver longe disso para mim seria a mesma coisa que viver num calabouço.....

Carlos Paredes Leví disse...

No sabía que al Castor le gustaban las flores....

Un saludo.

olhodopombo disse...

Levi,
ele gosta das Orquideas, que alias
são flores magnificas....

Nilson Barcelli disse...

Saber olhar à tua volta será o teu "segredo"...
para continuar a descobrir coisas novas a cada olhar.
Belo texto, gostei.
Beijo.

olhodopombo disse...

Nilson Barcelli,
um "segredo" que faço questão
de manter a vista de todos,,,
beijos

cecília disse...

me fez lembrar um coisa do guimarães rosa:

"Mire veja: o mais importante e bonito, do mundo, é isto: que as pessoas não estão sempre iguais, ainda não foram terminadas - mas que elas vão sempre mudando."

não se restringe à pessoas, é tudo ao nosso redor. é o mundo enfim... que é nessa fluencia sem fim.....

cecília disse...

me fez lembrar um coisa do guimarães rosa:

"Mire veja: o mais importante e bonito, do mundo, é isto: que as pessoas não estão sempre iguais, ainda não foram terminadas - mas que elas vão sempre mudando."

não se restringe à pessoas, é tudo ao nosso redor. é o mundo enfim... que é nessa fluencia sem fim.....

olhodopombo disse...

Cecilia, que bela lembrança do Guimarães Rosa,,,,
bjs

El Castor disse...

Bueno, Carlos, ya sabe que el Castor es un poco raro... Muchas gracias, Olho, sospechaba que tú serías sensible a la belleza de las flores aunque no imaginaba que tuvieras esos ejemplares tan extraordinarios en casa. Pensaba que ibas a fotografiar de algún jardín público. Con este invierno horroroso tengo mi pequeño jardín medio muerto, espero la primavera para comprar algunas plantas pero es una pena porque aquí las más bonitas no resisten el invierno.
Gracias y saludos.

olhodopombo disse...

El Castor,
infelizmente por aqui os jardins publicos não conseguem manter as belezas naturais...
ha sempre um vandalo que as destroi.
a natureza a estamos prendendo entre paredes...

zélia guardiano disse...

Tamar, minha querida
Tive o privilégio de crescer em meio às orquídeas.Meu pai foi um colecionador delas.Tinha, no enorme quintal, um orquidário espetacular que não combinava, absolutamente, com a simplicidade, com a modéstia de nossa casa; pois aí é que estava o encanto da coisa...
A sua favorita era a Laelia Purpurata.
Por isso, escrevi:

"Laelia Purpurata
Que és para mim
Senão a errata
Da vida?

Estás sempre
Envolvida
No projeto
De lembrar-me
Que não posso
Ser infeliz...

olhodopombo disse...

Zelia,
portanto te fazer presente de uma orquidea fotografica foi um belo acerto!