sábado, 6 de abril de 2013

BUNUEL tINHA Razão!

Viridiana era uma moça simplória que depois de ter umas diferenças com um Tio, resolve virar uma Samaritana e convida mendigos para sua casa/mansão herdada deste tio....mas não vou contar a historia deste maravilhoso filme do espanhol Luis Bunuel, e sim uma anedota a partir desta imagem das mangas.

Um dia qualquer resolvi comprar mangas na porta (por serem frescas, tiradas do pé naqueles momentos) de um rapaz daqui da região da roça cachoeirana. Nada demais. Dia seguinte ele passou pela Galeria aonde eu estou expondo "CACHOEIRA DE POMBO", fotografias. Convidei-o para entrar e ver as imagens expostas, e servi um licorzinho, como fazia com todos os visitantes. Caracas! depois disso ele passou a ir todo dia na galeria para pedir licor! Depois começou a levar todo tipo de manga para eu comprar na minha porta de casa. Não se contentando com elas, trouxe limão, verdíssimo, ofereceu jenipapo, acerolas, coco verde ( não trouxe nada disso, ainda).. e hoje para completar me veio com MUITAS mangas e LIMÕES verdes e duas mangas maduras que virou a face bicada por alguma animalzinho , para que eu não visse que estavam estragadas! Recebeu o dinheiro e saiu correndo! Caramba como ele me fez lembrar do BUNUEL!

5 comentários:

Regina disse...

kkkkkkkkkkkkkk nessas circunstâncias, com certeza foi morcego sim. Tem razão, sobre Buñuel. :) :) bj

Pedrita disse...

se apaixonou pelo seu licor. beijos, pedrita

olhodopombo disse...

é possível, pois o Licor estava mesmo de se apaixonar!
mas também ele pensa que sou um banco....

hguarilha disse...

Fátima, é uma experiência museológica interessante... escreve um artigo.

olhodopombo disse...

Hugo, eu estou tão envolvida com as pesquisas sobre os Cachimbos de caulim, do Seculo XV ao XVIII que meu tempo esta restrito...