domingo, 20 de janeiro de 2013

Cachoeira do Recôncavo da Bahia e a Intolerância

Eis o motivo de tanta beligerância aqui entre as minhas vizinhas; tanto a vizinha da da esquerda quanto a vizinha da direita, o ódio natural ao meu Gato, o famoso Claude Levi-Strauss; este ódio  é a ordem do dia. O gato que foi castrado desde adolescente e que não perdeu a libido e dá a bunda dele para todos os machos da rua, gatos que vivem assanhados atrás de um buraquinho para penetrar? O que eu posso fazer? Costurar o feofó dele? Sacrificar a vida do gato porque as gentes desta cidade não gostam dos animais, das árvores e das flores?
Sinuca de bico é onde me encontro atualmente. Porque mudar de casa está fora de cogitação dada a verdadeira especulação imobiliária que  a UFRB provoca nesta região desde a sua implantação.
Continuar ignorando os olhares maldosos destilando veneno é a única saída no momento.

4 comentários:

luna luna disse...

me pergunto como há pessoas que não gostam de animais

olhodopombo disse...

Luna, existem muitas pessoas que não gostam dos animais, principalmente dos gatos.

luna luna disse...

infelizmrente é verdade, eu tenho duas gatinhas que são um doce,mas infelizmente há de tuda que não goste de animais de crianças, enfim...

luna luna disse...

infelizmente é verdade, eu tenho duas gatinhas que são um doce, mas há quem não goste de animais de crianças, enfim...